Seguidores

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

O LADO BOM DA DOR



     É inacreditável que possa existir um lado bom da dor, mas existe. Falo da dor física, aquela que chega sem você esperar e parece interminável. Quem não provou desse desconforto e até que ela desaparecesse precisou lidar com o controle emocional ou até mesmo gritou tentando aliviar a mágoa que ela produz em nós? Sem nenhuma dúvida, o mais difícil é fazer-se entender. Mesmo porque, somos nós que a sentimos e somos nós os feridos. Embora perguntem a intensidade, a sensibilidade nos pertence e nós a sentimos, infelizmente. Portanto, ela é imensurável. E qual é o lado bom Regina? Você diria: "Quando ela passa". Faz parte também lindos de minha vida, mas imediatamente ela passar, nós a esquecemos. O verdadeiro lado bom é quando você se volta para Cristo e, dilacerado, sem entender a causa sussurra... "Senhor sou totalmente dependente de Ti"! "O que desejas que eu aprenda?" Começa então a desenrolar um filme, onde revivemos a trajetória passada e passamos de doloridos à críticos de nós mesmos. Não que o Deus misericordioso tenha causado esse sofrimento como castigo, mas Sua permissão pode evitar erros desastrosos para nós num futuro muito breve. A isso, eu chamo: Parada súbita! É o melhor lado da dor, pois entendemos verdadeiramente o cuidado, o carinho e amor que Ele têm por nós. Entender tudo isso não é fácil, viver é bem mais educativo. Aprendemos a viver na dependência de um Deus de poder e misericórdia e tudo que Dele procede é digno da nossa eterna gratidão. 
Louvado seja o Deus de nossas vidas!

                               Regina Vicentini

                                              03/11/2017










sábado, 26 de agosto de 2017

FALANDO SÉRIO COMPANHEIRO...



     
     Falando sério companheiro, não recordo a última vez que pensei em você e tens me acompanhado desde sempre. Quantas aceleradas ditas arritmias, forçaram seu trabalho ininterrupto e quão sereno nas noites silenciosas suspirou pela mansidão de seu pulsar. Incontáveis foram as vezes que colocado na posição de réu deixou de ter um defensor que o livra-se da condenação. Condenado, continua trabalhando para quem inadvertidamente o acusou. Em momentos de parada súbita na vida, evitou queda espetacular onde fatalmente sucumbiríamos. Impressionante sua grandiosidade,valentia e força contra o tempo. Máquina perfeita, cujo combustível vem das mãos do Senhor. Ele deu ordens para que inicia-se seu trabalho e fará cessar quando for o momento de retirar o fardo que está sob sua responsabilidade. Antes que descanse meu bom e velho amigo, saiba da minha gratidão. Não fui eu que te carreguei, mas você, que me conduziu firme ao longo do tempo...

                           Regina Vicentini

                                                           26/08/2017



















domingo, 20 de agosto de 2017

A HISTÓRIA QUE NÃO ESCREVI...



     
          Havia tanto para se falar e em meio as frases não ditas só restaram o sal das inúmeras lágrimas que rolaram entre os sulcos de uma face já sem brilho de juventude. Houve dias em que o coração mal suportava a velocidade da alegria feita redemoinho a ponto de explodir, e dias feitos algodão doce que se derretiam no final. Impossível sincronizar a Razão e Coração, ambos tão complexos e quase sempre colocados em bandejas da absurda expectativa. Funcionam entre si e em numerosas relações de interdependência ou subordinação, assim nos diz até o próprio dicionário, difícil apreensão pelo intelecto. Quiçá nosso coração! Teria lido muitas vezes o escrito da felicidade e me deleitaria entre suas páginas a ponto de adormecer no próprio sonho, absorta pela luz que invade a alma e nos faz dançar a bela melodia da vida.
Mas, essa foi a história que não escrevi...

                      Regina Vicentini

                                20/08/2017